terça-feira, 15 de abril de 2014

Policiais do BOPE passam mal após ingestão de quentinhas

Na manhã deste sábado, 12, muitos policiais entraram em contato com o blog para realizar mais uma denúncia sobre a alimentação fornecida em serviço. Quentinhas é uma reclamação constantes dos PM’s. Esta foi servida no dia 30 de março aos PM’s de serviço.

A informação era de que cerca de 50 PM’s do BOPE e do BPChoque teriam passado mal após ingerir a alimentação oriunda das quentinhas fornecidas por uma empresa terceirizada. Um dos PM’s que denunciou o caso informou que todos os policiais do BOPE que ingeriram a quentinha teriam sofrido problemas intestinais.

De acordo com informações de outros policiais, esse não teria sido o primeiro caso de uma infecção intestinal proveniente da ingestão das quentinhas fornecidas aos PM’s.

O blog entrou em contato com o Comandante Geral, Coronel PM Araújo, que confirmou a informação do “desarranjo intestinal” apenas pelos militares do BOPE, o efetivo do BPChoque não teriam passado mal com a alimentação. Na última formatura geral, o Comandante afirmou que já está em andamento um processo de licitação para a contratação de empresa fornecedora de vales alimentação.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

LEI DE PROMOÇÃO: Entidades se reúnem com Secretário de Segurança e General dará resposta sobre reunião com Governadora na segunda

Na tarde dessa quinta-feira (11), as associações de praças da PMRN se reuniram com o Secretário de Segurança, General Monteiro, para tratar sobre a Lei de Promoção de Praças.

De acordo com o Soldado Maribondo, Presidente da Associação dos Bombeiros Militares, a reunião foi em tom amistoso. “Apresentamos os principais pontos da Lei de Promoção e o Secretário informou que iria se reunir com a Governadora na noite dessa sexta e, na segunda, nos daria uma resposta dessa reunião”, informou o Soldado Maribondo.

Apesar da reunião, as entidades representativas de praças da PMRN convoca os policiais militares a permanecerem acampados na Governadoria até que a Lei de Promoção seja encaminhada à Assembleia Legislativa para votação e aprovação.

“Só sairemos daqui com a Lei de Promoção”, disse o Soldado Tony, Presidente da Associação de Praças de Mossoró.

Morte de policial e impunidade

Wilson Júnior
Delegado de Polícia Civil/ Tocantins e Oficial da Reserva PM/RN

Na Inglaterra, país desenvolvido, existe proposta de pena de morte para aquele que mata um policial. Nos EUA, as excludentes de ilicitude (legitima defesa e estrito cumprimento do dever legal) são de fato consideradas ao analisar o uso da força por seus agentes da lei, assim como o fez o magistrado brasileiro no caso do óbito do traficante Matemático.

Aqui vale mais a vida do bandido do que a do pai de família que ele assassinou.

A própria Cruz Vermelha Internacional, os Direitos Humanos e o Direito Internacional Humanitário criam uma escala onde a vida daquele em conflito com a lei vem por último. Não compreendemos de onde vem então esses falsos princípios que movem esses supostos defensores dos direitos humanos que colocam a vida de criminosos acima de tudo e de todos.

A polícia é a verdadeira e maior defensora dos Direitos Humanos, seus integrantes atuam com o risco da própria vida para possibilitar a paz social, mas para isso precisam de leis que de fato legitimem as suas ações.

Vamos reagir! Nosso dever é servir e proteger, mesmo colocando a vida em risco. Assim sendo, matar um policial é atacar a base da sociedade, pois são as forças policiais que possibilitam a paz social. Como sempre digo, quem mata é o bandido, polícia neutraliza… E de uma coisa temos certeza, somos formados para o bom combate e não vamos perder essa guerra!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Policiais militares e bombeiros promovem ato no Centro Administrativo em Natal

A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do Rio Grande do Norte (Asspmbm/RN) promove um ato público na sede do Centro Administrativo. A intenção inicial é seguir caminhada rumo à Assembleia Legislativa, no Bairro Cidade Alta. Os profissionais cobram a aprovação do Projeto de Lei de Promoção de Praças.

Os policiais militares e o bombeiros se reuniram na sede da Asspmbm/RN às 8h da manhã de hoje (8) e partiram em direção ao Centro Administrativo. Ainda nesta semana, também pretendem avaliar a possibilidade de retomar o acampamento em frente à Governadoria.

Os militares articulam uma paralisação a partir do dia 22 de abril nas atividades de policiamento ostensivo, através da Operação Segurança com Segurança.

Além da aprovação do Projeto de Lei, cobram o nivelamento de subsídios de acordo com as categorias, a publicação do quadro de acessos, a necessidade de acompanhamento psicológico dos policiais e das condições precárias de trabalho a que são submetidos diariamente.

Fonte: Tribuna do Norte

domingo, 6 de abril de 2014

Violência atinge policiais militares no Rio Grande do Norte

Na noite dessa sexta-feira (4) a Polícia Militar do RN perdeu mais um integrante de forma violenta. O Soldado Frederico foi morto no interior de sua residência tentando proteger seus bens e, principalmente, sua família.

O PM foi o segundo policial morto em apenas dez dias e o segundo PM a sofrer na noite dessa sexta (4) com a violência que assola o nosso Estado. Ainda na noite dessa sexta, o Soldado Anderson também sofreu um assalto tendo sido baleado na face. Por sorte, Anderson não corre risco de morte, mas essa noite ficará marcada pelo resto de sua vida, pois de acordo com informações um dos olhos do PM ficou comprometido, perdendo a visão.

Apesar dos constantes acontecimentos contra policiais, nada é feito para diminuir essa violência. Na Câmara dos Deputados ainda se cogitou a elaboração de um projeto de lei que qualificava os crimes contra policiais, mas permaneceu apenas como projeto.

Se se morre um bandido por policiais, logo se falam em direitos humanos, mas quando a violência é contra um agente da lei este apenas se transforma em mais um número, em mais uma estatística. O Soldado Anderson que perdeu um olho foi assaltado por menores de idade, um dos quais já teria sido preso outras vezes, da mesma forma com o Soldado Augusto, morto no último dia 26, por disparos realizados por uma adolescente. Desse jeito parece que para os policiais os direitos são sempre desumanos, desde sua formação até a sua morte.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Justiça julga procedente ações da APBMS sobre mudança de nível de Policiais Militares

A Assessoria Jurídica da Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó já começa a mostrar as primeiras sentenças "procedentes" referentes a mudança de nível a qual tem direito os Policiais Militares a cada 3 anos e que vem sendo descumpridas pelo Governo do Rio Grande do Norte.

Em uma das ações interpostas em favor de um sócio da APBMS a justiça concedeu direito e mandou que o governo do estado pague parcelas que estão vencidas desde o ano de 2012.

Confira uma das decisões do Juiz João Afonso Morais Pordeus do 2º Juizado Especial da Fazenda Pública de Natal;

Julgo procedente os pedidos formulados na inicial,para determinar que seja implantado nos proventos da parte autora, imediatamente, o novo enquadramento funcional no Nível VI da Graduação de Cabo da PM, nos termos da Tabela de Aplicação do Subsídio constante do Anexo I da Lei Complementar Estadual nº 463/2012.

Condeno o réu, ainda, ao pagamento das parcelas vencidas desde 01.10.2012 e vincendas, acrescidas, desde a data em que a obrigação deveria ter sido cumprida, de correção monetária calculada com base no IPCA, de acordo com o art. 5º da Lei n.º 11.960/09 e, juros de mora calculados com base no índice oficial de remuneração básica e juros aplicados à caderneta de poupança, consoante o art. 1º-F, acrescentado à Lei n.º 9.494/1997, excluindo-se os valores eventualmente já pagos na seara administrativa, bem como se observando o limite do art. 2º da Lei n.º 12.153/2009.

HOSPITAL DA PM: Verba de R$ 9 milhões está parada e reforma fica prejudicada

O Hospital da Polícia Militar teve mais uma baixa nesta semana: a UTI adulta do nosocômio. “Com o anúncio do fechamento da UTI adulta, só sobrou a cadeira dos médicos”, disse um PM.

Os recursos destinados ao Hospital da PM, que há tempos não vem atendendo de maneira eficiente o que seria o seu público alvo, os policiais militares, mesmo subordinado a Secretaria de Segurança, vem sendo administrado pela Secretaria de Saúde que coloca a disposição da unidade nosocômica servidores de seu quadro de pessoal.

Para agravar a situação do HPM, desde 2012 a unidade hospitalar deveria ter recebido recursos do Governo Federal da ordem de R$ 9 milhões. No entanto, os recursos foram repassados para os cofres da Secretaria de Saúde, que ficaria responsável pela administração dessa verba na reforma e aquisição de equipamentos para o HPM.

Ocorre que o HPM iniciou a reforma ainda no ano de 2009, sendo inclusive promessa como hospital de referência para a Copa do Mundo, mas há 5 meses a reforma está parada e as perdas para o Hospital e para os militares só aumentam. Sem UTI e sem reforma, o atendimento para os PM’s que já era reduzido a 25% só se agrava. O hospital que completou seus 50 anos parece que chegou na crise da meia idade.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

A APBMS realizou mais uma Assembleia

Hoje (03) foi realizada mais uma assembleia extraordinária na sede da APBMS, onde foram apresentados os demonstrativos financeiros, eleição dos novos sócios, informes sobre a construção do clube e comemoração dos 10 anos da entidade. Na ocasião foram sorteados brindes entre os presentes que contou com grande participação.
Desde já agradecemos a participação de todos e convidamos para se fazerem presentes nas próximas assembleias.
Lembrando que nossos patrocinadores para sorteio dos brindes foram SCHALK e ART VISÃO.




Soldado Toscano assume Coordenação do setor jurídico da APBMS


O Soldado Ivanildo Toscano é o novo coordenador do setor de assessoria jurídica da Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS)

Toscano informa que está a disposição de todos os associados para que possa tomar providências com relação aos assuntos do setor jurídico.

Contatos com Toscano pode ligar Para: 9921-1742

Em solenidade de conclusão do curso da ROCAM, Secretário de Segurança afirma ser favorável a Lei de Promoções

Solenidade de conclusão do Curso de Escolta e Batedor com Motocicleta

Na última segunda-feira, PM’s participaram da conclusão do Curso de Escolta e Batedor de Motocicleta. Na solenidade, esteve presente o atual Secretário de Segurança, General Monteiro, o qual em seu discurso afirmou ser favorável a Lei de Promoções de Praças.

“Já estou vendo a questão de suas carreiras e estarei me empenhando para que tramite”, declarou o Secretário. “Antes mesmo de ser Secretário já sabia de suas necessidades”, disse o General.

Em ocasião anterior, também durante uma solenidade de curso realizada no último mês, em sua primeira visita ao Quartel do Comando Geral, o Secretário já havia declarado ser favorável a Lei de Promoção de Praças.

Contudo, apesar das declarações, os PM’s continuam incrédulos com as promessas. “Aldair também era favorável e a Lei não saiu do lugar”, disse um policial presente na solenidade em referência ao último Secretário de Segurança, Aldair da Rocha, o qual também se mostrava favorável e apoiava a Lei de Promoção.