quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Polícia Militar define cronograma por graduação de PM's promovidos até 2016


A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, através da Comissão de Promoção de Praças, publicou o cronograma de promoções previstas até o mês de agosto de 2016.

Serão quatro datas de promoções a iniciar neste mês de agosto de 2015, sendo complementadas em dezembro de 2015, abril de 2016 e agosto de 2016, onde serão beneficiados 3.895 policiais militares com promoções às graduações superiores.

Dos 3.895 militares promovidos até agosto de 2016, mais de 70% serão soldados, correspondendo a 2.787 dos beneficiados com as promoções. Ainda serão promovidos 323 cabos, 286 3º sargentos, 336 2º sargentos e 163 1º sargentos.

As promoções previstas até o segundo semestre de 2016 foi fruto de um acordo entre o Governo do Estado e as entidades representativas de praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, onde foram autorizadas as ascensões e definido um calendário de promoções previsto para agosto de 2015, quando seriam promovidos 779 praças; dezembro de 2015, abril de 2016 e agosto de 2016, quando promoverão 1.039 praças, em cada data.

“A Comissão enfatiza que tal quantitativo, definido e acordado pelos representantes governamentais e as representações policiais militares, teve o condão de atender uma quantidade considerável de policiais militares que possuem o interstício dobrado”, disse o Presidente da Comissão de Promoção de Praças e Subcomandante da PMRN, Coronel PM Araújo Lima.

Neste mês de agosto serão promovidos 639 soldados, 38 cabos, 34 3º sargentos, 34 2º sargentos e 34 1º sargentos. Já em dezembro/2015 e abril/2016 os números são iguais para as duas datas, contemplando em cada período 830 soldados, 53 cabos, 52 3º sargentos, 52 2º sargentos e 52 1º sargentos. Por fim, em agosto/2016 serão promovidos 488 soldados, 179 cabos, 148 3º sargentos, 198 2º sargentos e 25 1º sargentos.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Reunião terminou sem acordo e policiais militares do RN decidiram manter acampamento


No final da tarde desta segunda-feira (17), as entidades representativas das praças militares estaduais se reuniram mais uma vez com o Governo do Estado para tratar sobre as demandas da categoria policial e bombeiro militar.

Com reunião agendada desde o dia 05 de agosto, o Governo do Estado daria uma resposta hoje para a categoria militar estadual sobre os pontos apresentados pelas associações quanto ao cumprimento das legislações já em vigor.

No entanto, os militares não ficaram satisfeitos com as respostas dada pelo Governo quanto ao atendimento das pautas da categoria. Após duas horas de reunião, o Governo somente apresentou de concreto o pagamento das promoções dos recém promovidos em abril para o próximo mês de setembro que deverá sair em folha complementar.

NÍVEIS REMUNERATÓRIOS

Atrasados há três anos, o pagamento dos níveis remuneratórios foi totalmente descartado pelo Governo que afirmou reconhecer o direito dos militares estaduais, mas que não havia condições de pagamento no atual momento por qual passa o Estado.

“Será pago algum dia”, disse a Chefe do Gabinete Civil, Dra. Tatiana Mendes, sem, no entanto, afirmar a previsão para o cumprimento desse ponto previsto na Lei Complementar nº 463/2012.

PAGAMENTO DAS PROMOÇÕES

Para o segundo ponto da pauta, o Governo do Estado propôs o pagamento dos recém promovidos em abril em folha complementar no próximo mês de setembro.

Já para os promovidos nos anos que antecederam a atual gestão, o Governo propôs efetuar o pagamento a partir do mês de outubro. Contudo, não definiu como seria pago os salários atrasados nem se todos receberiam numa mesma data, o que será realizada uma nova reunião na próxima quarta (19) para apresentação de um cronograma de pagamento para os militares que se encontram nessa situação.

PROMOÇÃO EX-OFFÍCIO

Com 3.967 policiais militares aptos às promoções ex-offício para este ano de 2015, o Governo do Estado desconsiderou a promoção de todos os militares alegando que poderia comprometer as finanças do Estado. “Estamos diante da escolha de Sofia”, disse o Secretário de Planejamento, Gustavo Nóbrega. “Se concedemos, podemos comprometer o salário de todos os servidores”, completou.

Contudo, a proposta das associações sobre promover todos e o Governo apresentar um cronograma de pagamento até foi aceito pelo Secretário de Planejamento do Estado, mas foi rejeitado pelo Consultor Geral do Estado, Eduardo Nobre, que considerou inviável e reafirmou o prazo de três anos contido na Lei de Promoção de Praças.

Como proposta do Governo, este marcou uma nova reunião com as associações de praças para a próxima quata (17), às 11 horas, quando irá apresentar um cronograma de promoções a contemplar seis datas até abril de 2017.

REAJUSTE DE SETEMBRO

Apesar de não estar na pauta de reivindicações dos militares, o Governador do Estado, Robinson Faria, reafirmou o pagamento do reajuste dos militares estaduais previsto para ocorrer no próximo mês de setembro.

Com o reajuste de 9%, o Soldado até três anos de serviço passará a receber R$ 2.706,00, tendo um reajuste de quase R$ 200. Já o Coronel que contar mais de 27 anos, atualmente recebendo R$ 16.361,86, passa a receber o subsídio de R$ 17.653,59, além de gratificação de comando e chefia.

NOVA REUNIÃO

Os militares deverão se reunir novamente com a equipe do Governo na próxima quarta-feira (19), às 11 horas, quando será apresentado um cronograma de pagamento das promoções realizadas em anos anteriores e das promoções ex-offício para as próximas seis datas de promoções.

Na quarta (19), os militares se reunirão a partir das 8 horas no Clube Tiradentes para seguir em carreata até o Centro Administrativo, onde irão se concentrar esperando a resposta do Governo. Até lá, os militares continuarão mobilizados em acampamento montado em frente à sede da Governadoria.

Foto e matéria da soldado Gláucia

domingo, 16 de agosto de 2015

Diretores da APBMS se reúnem com deputado Alvaro Dias e pedem apoio na luta pela segurança de nossa região


Na tarde deste sábado (15) diretores da APBMS estiveram reunidos com o Deputado caicoense Álvaro Dias na busca por conseguir do mesmo apoio para algumas demandas para a categoria, e também melhorias a segurança de nossa região.

Foi colocado para o deputado a pauta estadual da movimentação dos policiais militares na capital, colocando as claras que não estávamos reivindicado aumentos e sim que fosse comprida as leis já existentes, como a LPP.

Para deixar mais claro ao parlamentar a assessoria jurídica ficou responsável para elaborar um documento explicando as questões dos níveis e das promoções atrasadas e a quantidade pra ele protocolar na assembléia legislativa e falar na casa legislativa.

Foi tratado também o assunto do IPTU do terreno da APBMS que soma em torno de 30.000,00 mil reais, ele ficou de marcar uma audiência com o prefeito Roberto Germano,onde a diretoria irá junto participar desse encontro.

Segurança pública de Caicó e região.

Ele sempre teve a ideia de abrir os postos Policiais na capital seridoense. Foi mostrado a ele que esse tipo de policiamento não é eficaz e que o bom mesmo seria que tivéssemos mais viaturas de Rádio Patrulha fazendo rondas nos bairros. Mas também não tinha efetivo, nem tão pouco viaturas pra formar essas viaturas de patrulhamento.

Após essa exposição de fatos o deputado Alvaro Dias disse que iria reivindicar mais viaturas e mais diárias para formar essas viaturas e desenvolver o policiamento semelhante ao Ronda Cidadã que já é realidade em Natal.

Pra finalizar foi mostrada a questão precária da estrutura do 6º Batalhão que não tem um rancho digno pra fazer alimentação dos policiais e nem sequer uma alimentação adequada, além das instalações gerais em condições muito ruins.

Os diretores ficaram muito satisfeitos com a postura do deputado caicoense que se comprometeu em lutar em prol de nossa segurança e das demandas policiais.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Sancionada lei que altera idade limite de permanência de praças em atividade no RN

Sd Glaucia Paiva
O Governador do Estado do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, sancionou no último dia 06 de agosto a Lei Complementar nº 546/2015, que altera o Estatuto dos Policiais Militares, aumentando a idade limite para permanência das praças militares no serviço ativo. 

De acordo com a alteração, os policiais militares que ocupam a graduação de Soldado, Cabo e Sargento poderão permanecer no serviço ativo até atingir a idade limite de 55 anos, independentemente do tempo de serviço prestado à corporação, devendo ser transferido “ex-offício” para a reserva remunerada. 

Ainda conforme a Lei Complementar, a idade limite de permanência no serviço ativo para os Subtenentes permanece inalterada (56 anos); contudo, passarão automaticamente para a inatividade os Subtenentes que computar mais de 30 anos de serviço e permanecer por período superior a cinco anos na graduação de Subtenente, integrante de qualquer dos Quadros de Pessoal da Corporação. 

Com as mudanças, o Comando da Polícia Militar espera possibilitar a ascensão profissional aos militares que poderão optar por permanecer no serviço ativo após completados 30 anos de serviço até chegar a idade limite prevista na lei. Publicada no Diário Oficial na última sexta-feira (07), a Lei Complementar nº 546/2015 já está em vigor.

sábado, 8 de agosto de 2015

Membros do governo e associações militares do RN sentam-se para discutir demandas, mas acampamento na governadoria continua!



No terceiro dia de acampamento dos militares estaduais em frente à sede do Executivo Estadual, os presidentes das associações representativas da categoria policial e bombeiro militar foram mais uma vez recebidos por membros do Governo do Estado.

Reivindicando demandas já previstas em lei, como o pagamento das promoções ocorridas no decorrer de três anos, implantação correta dos níveis remuneratórios em atraso há três anos e a efetivação das promoções ex-offício, os militares estaduais já vem há três dias com acampamento montado no camping da Governadoria esperando uma resposta definitiva do governo sobre suas reivindicações.

Com isso, já no inicio da tarde desta sexta (07), os presidentes das sete associações que representam a categoria policial e bombeiro militar do RN foram recebidos pela Chefe do Gabinete Civil, Dra. Tatiana Mendes, pela Secretária de Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, e pelos Comandantes Gerais da Polícia Militar, Coronel Ângelo, e do Corpo de Bombeiros, Coronel Otto.

Durante a reunião, a Secretária de Segurança informou que o impacto financeiro relacionado ao pagamento de todas as promoções já realizadas há três anos, bem como a implantação dos níveis remuneratórios, já teria sido calculado pelos setores competentes de ambas as corporações, tendo sido encaminhados para a Secretaria de Administração, onde seria realizado um novo cálculo, para, então, ser encaminhado à Secretaria de Planejamento, onde iria analisar a viabilidade da implantação das remunerações corretas dos militares.

No entanto, mesmo com a declaração da própria Secretária de Segurança, consta no sistema de acompanhamento do governo a informação de que o processo de implantação dos recém promovidos teria retornado nesta sexta (07) à Diretoria de Finanças da Polícia Militar, causando surpresa à categoria.

Com as informações divergentes, os militares decidiram continuar acampados em frente à sede do Executivo até o dia 17 de agosto, data estipulada pelo Governo do Estado para dar uma resposta definitiva aos policiais e bombeiros militares em relação às suas demandas.

Por Soldado Gláucia

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Atenção! APBMS disponibilizará ônibus em Caicó e Currais Novos para policiais militares irem para mobilização na capital



Policiais militares do Seridó, a APBMS irá disponibilizar ônibus para todos os policiais se fazerem presente no acampamento marcado para o dia 05 de Agosto (quarta-feira) , onde a categoria vai mostrar ao governo mais uma vez seus anseios, que mesmo diante da aprovação da LPP ainda não foram atendidos.

Essa é a hora de lutarmos por nossos destinos, contamos com a presença de todos!!!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Diretoria da APBMS emite nota de repúdio sobre polêmica envolvendo material de apologia ao crime apreendido em Caicó



Nos últimos dias, foram publicadas nas redes sociais pessoas da cidade de Caicó/RN, posando em fotos publicadas com camisetas com a imagem de palhaço e bonés com as seguintes siglas, “PVI” (paulo sexto) e “JVT” (joão vinte e três) fazendo alusão a priori a dois bairros periféricos. 

É do conhecimento da sociedade brasileira que a imagem do palhaço nada mais é do que a ligação entre o mundo do crime e o cidadão que vive a margem da lei, interpretando melhor, nos presídios só pode possuir tatuada em seu corpo quem de fato já assassinou um policial, isso para o marginal é motivo de “orgulho”! 

Quanto as siglas, é do conhecimento de todos da capital seridoense, que grupos criminosos que atuam nos dois bairros usam as abreviações para demarcar local, inclusive com composições fazendo alusão ao crime e ao grupo que está instalado dentro da cidade de Caicó.

Na tarde do dia 23 de julhos (quinta-feira) a policia militar de Caicó prendeu e apreendeu algumas pessoas e material com esse tipo de imagem com o respaldo legal de os mesmos estarem cometendo o crime de apologia ao crime na venda e uso do material apreendido em questão.



O que causou repúdio e tristeza foram as atitudes por parte de determinado advogado, o Sr. Ariolan, de usar o boné ora em questão e ainda dizer de forma pública que vai usar na feira da festa de Santana. Com isso, não nos resta outra saída se não, condenar todas as atitudes por parte deste que faz parte do sistema de segurança pública.

No momento em que ele usa a camisa e boné de tais facções, a mensagem que passa para a sociedade é que tais grupos criminosos devem prosperar em nossa sociedade, e isso para um advogado é um posicionamento perigoso para seu papel diante dos seus clientes e da sociedade seridoense.

Também, no resta lembrar o silêncio dos oficiais da PM que até agora não foram em defesa dos policiais militares envolvidos. Em outro momento sairam em defesa de um policial que tentou impedir que um advogado de nosso quadro jurídico atuasse no batalhão, mas percebemos que há um silêncio diante dos últimos fatos. 

A sociedade precisa refletir!

Diretoria da APBMS

domingo, 19 de julho de 2015

Atenção Concurseiros! Policia Militar, Civil e Bombeiros já iniciaram processos para os concursos no RN

Secretária garante que executivo está em ação para diminuir déficit nos quadros das corporações
Foto de Adriano Abreu

A Secretaria de Segurança conseguiu autorização do Tribunal de Contas do Estado e já iniciou os processos de contratação de empresas para realizar concursos públicos para Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros. A secretária de Segurança, Kalina Leite(foto), confirmou a informação em entrevista exclusiva à Tribuna do Norte, ressaltando que a falta de efetivo nas polícias é um dos principais problemas da pasta. Às vésperas do lançamento do prometido programa de enfrentamento à violência, o Ronda Cidadã, Kalina é econômica na expectativa da estrutura: “Vamos lançar com muita simplicidade, pois a polícia trabalha com muita simplicidade”. Ela adiantou que a Segurança não prepara uma superestrutura específica para o programa e ressalta que a base da ação será a mudança de postura profissional dos policiais. 

“Não tem nada de grandioso no que diz respeito a viaturas, a fardamento, efetivo”, esclarece. A data do lançamento ainda não está confirmada e, segundo a secretária, depende da agenda do governador Robinson Faria. A expectativa é que ocorra mesmo até a próxima quarta-feira. Na conversa, Kalina Leite também falou que a expansão do projeto para outras áreas de Natal e Parnamirim só deve ocorrer após resultado positivo nessa primeira etapa, o que deve demorar, no mínimo, seis meses. 

Tribuna do Norte