quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Polícia Militar abre inscrições para curso de técnicas e táticas policiais. PMs do 6º BPM em Caicó serão contemplados


A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, através da Diretoria de Ensino, está oferecendo 270 vagas no Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais, divididas em nove turmas com 30 policiais militares e demais profissionais da Segurança Pública do RN. 

As turmas serão realizadas no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), 2º BPM (Mossoró), 6º BPM (Caicó) e 8º BPM (Nova Cruz), a partir do mês de março, seguindo até o mês de julho. 

O Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais é ofertado para Oficiais e Praças da Polícia Militar do RN e demais profissionais de Segurança Pública do RN, com o objetivo de qualificar esses profissionais na atuação diária no policiamento ostensivo, totalizando uma carga horária de 250h/aula. 

As inscrições no Processo Seletivo poderão ser realizadas até o úlitmo dia útil que antecede o início do Curso na Unidade Policial executora, no horário das 8h às 12h. 

BOPE 

A primeira turma será realizada no Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) no período de 23 de fevereiro à 11 de março, com oferta de vagas para as Unidades da Região Metropolitana (1º BPM, 3º BPM, 4º BPM, 5º BPM, 9º BPM, 11º BPM, EPMont, ROCAM, CIPAM, CIPRED, CIPGd, CIPTUR), além de vagas para Guarda Municipal, Polícia Civil, Forças Armadas e Departamento Penitenciário Nacional. 

As inscrições para essa primeira turma no Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais deverão ser realizadas até o dia 20 de fevereiro, das 8h às 12h, no BOPE. 

Ainda estão previstas cinco turmas a serem realizadas na Unidade Especial nos meses de março (23/03 a 09/04), abril (27/04 a 14/05), maio (25/05 a 11/06), junho (08/06 a 24/06) e julho (06/07 a 22/07). 

Batalhões do Interior 

No intuito de expandir a qualificação policial militar, a Polícia Militar do RN estará oferecendo turmas no Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais em Unidades do Interior do Estado, capacitando os profissionais de Segurança Pública. 

No 8º Batalhão de Polícia Militar, em Nova Cruz, será realizada uma turma no período de 09 a 25 de março, enquanto que em Mossoró, no 2º BPM, será realizada no período de 06 a 23 de abril; e no 6º BPM, em Caicó, de 11 a 27 de maio.

Fonte: Assecom PM/RN

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Coronel da PM Pernambucana emite nota contra reportagem maldosa do repórter Caco Barcelos da rede Globo


Sr. Caco Barcellos

Talvez não devesse na minha condição de profissional qualificada, lhe tratar com tanta deferência, mesmo estando consciente da sua total falta de respeito com todos os policiais militares brasileiros e falta de isenção naquilo que se propõe a fazer...

Fico me perguntando até onde essas emissoras desqualificadas que dispõe de força com a mídia vão montar tribunais empíricos, elaborando julgamentos injustos, tendenciosos e condenando gratuitamente , sem conhecimento algum, profissionais que na minha parca visão, assumem o importante papel de heróis sem justa causa!!!

Agora entendo sua predileção pelo papel das "vítimas da polícia", pois tive acesso a sua obra ABUSADO, que gira em torno do mundo maravilhoso do crime que fatalmente lhe encantou...
Senhor repórter, na falta do que fazer e divulgar , suas ações só conseguem atingir homens e mulheres de vergonha e coragem que escolheram "ser polícia" até para defender pessoas da sua estirpe!!!

A busca desesperada por audiência está lhe levando a insanidade total, melhor não se acostumar...nossos resultados certamente são bem maiores e seus equipamentos ínfimos claramente não tem condições de captar!!

Só espero que não precise da polícia que mata....seria vergonhoso da sua parte, ter que recorrer aos super heróis dos quadrinhos e da sua televisão.....ledo engano, são empíricos,infantis e ilusórios!!!
Pertencemos ao quadro de efetivo de uma força maravilhosa de enfrentamento social...polícia militar, exigimos respeito!!!

Por fim , da nossa maneira, solicitamos que nos faça uma grande gentileza...ao se reportar a nossa SAGRADA INSTITUIÇÃO lave sua boca com bastante sabão e um bom desinfetante, talvez assim se permita apenas elogios...isso é o que merecemos por ter nas nossas mentes, no nosso sangue, na nossa vida incutido que...NASCEMOS PARA SER POLÍCIA ...

O senhor certamente NUNCA SERÁ !!!
Força e Honra!

Tenente Coronel - Conceição Antero 
Polícia Militar de Pernambuco

JUIZ DETERMINA QUE CURRAIS NOVOS TENHA DELEGADO, AGENTES E ESCRIVÃES EXCLUSIVOS


O juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da comarca de Currais Novos, julgou procedente os pedidos formulados pelo Ministério Público Estadual em Ação Civil Pública e determinou que o Estado do Rio Grande do Norte, por meio de sua secretária de Segurança Pública, a delegada Kalina Leite, providencie que independentemente de licença, férias ou outro tipo de afastamento, permaneçam em exercício de suas funções perante a Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Currais Novos, um delegado, um escrivão e dez agentes de Polícia Civil, tendo em conta necessidade de continuidade do serviço público.

Com o objetivo de efetivar a tutela específica, o Juízo fixou multa diária no valor de R$ 10 mil, em caso de descumprimento da sentença judicial, em desfavor da titular da Sesed.

De acordo com a sentença, deverá ser apresentada, no prazo de dez dias, uma relação com os nomes dos servidores públicos ocupantes das vagas referidas. A sentença destaca que nenhum dos servidores vinculados na DPC de Currais Novos pode ser designado para atuar em outras Delegacias de Polícia Civil, cumulativamente com a de Currais Novos.

A sentença do juiz Marcus Vinícius determina ainda que em caso de licença, férias ou outra espécie de afastamento dos referidos servidores, a secretária de Segurança Pública deverá, em um prazo de 24h após o respectivo afastamento, indicar o substituto.

Neste ponto o magistrado ressalta que na relação deverão constar apenas nomes de servidores públicos “em efetivo exercício das suas funções públicas, eis que na prática nada adianta existirem servidores lotados na DPC de Currais Novos e que não exerçam suas funções de forma efetiva”.

Comunicação Social / TJRN

domingo, 22 de fevereiro de 2015

APBMS protocola nos Bombeiros e no CREA pedido de vistoria nas instalações da 5ª CIPM em Jardim de Piranhas



Preocupada com a situação estrutural do prédio que serve de sede da 5ª CIPM em Jardim de Piranhas, e também atendendo o pedido de vários sócios que trabalham naquela companhia de policia, a diretoria da APBMS protocolou nesse último final de semana um pedido de vistoria nas referidas instalações.

O pedido foi protocolado no 3º SGB (corpo de bombeiros de Caicó) e no CREA (conselho regional de engenharia e arquitetura) seccional seridoense.

Na petição a diretoria da associação dos praças da policia seridoense pede que o mais rápido possível os órgãos fiscalizadores visitem a sede da companhia em Jardim de Piranhas, para que possam vistoriar a mesma apresentando um laudo da situação encontrada. A partir dai a associação irá direcionar uma providencia junto ao estado do Rio Grande Norte.

As queixas são muitas dando conta da precariedade da sede da companhia de policia jardinense: Parte elétrica, hidráulica, cobertura, situação que oferece risco aos PMs que trabalham por lá, enfim após esse trabalho tudo o que for relatado pelos bombeiros e Crea será remetido ao comando geral da PM e a secretaria de segurança do estado. 

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Polícia Militar convoca 6.659 militares a realizarem inspeção de saúde, confiram a lista de convocados


A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte (PMRN), através da Comissão de Promoção de Praças, publicou, nesta quinta-feira (19), no aditamento ao Boletim Geral da Corporação, a convocação de 6.659 policiais militares para serem inspecionados pela Junta Policial Militar de Saúde da instituição a fim de constituir os quadros de acesso às promoções previstas para o dia 21 de abril de 2015. 

Na Região Metropolitana foram convocados 3.450 soldados, que deverão apresentar-se para a realização da inspeção de saúde na Academia de Polícia Militar do RN (APM), em Natal, de acordo com a ordem de classificação, entre os dias 03 a 30 de março. Já no interior do estado, foram convocados 1.643 soldados, os quais, conforme unidade de lotação, deverão se apresentar para a inspeção de saúde entre os dias 02 a 27 de março, nas cidades de Mossoró, Caicó e Nova Cruz. 

Para as promoções às graduações superiores, foram convocados 601 cabos, 408 3º sargentos, 375 2º sargentos e 182 1º sargentos, os quais realizarão a inspeção de saúde entre os dias 23 de fevereiro a 27 de março, conforme a unidade de lotação. 

Todos os militares convocados para a inspeção de saúde deverão realizar exames laboratoriais, tais como hemograma, glicemia de jejum, colesterol total, triglicerídeos, creatinina, uréia, ácido úrico e sumário de urina, além de eletrocardiograma e PSA para os militares com idade superior a 40 anos. 

A inspeção de saúde é condição básica e imprescindível para promoção à graduação superior, devendo o militar ser considerado “apto” na referida inspeção, a qual tem validade de 12 meses, conforme dispõe a Lei Complementar nº 515/2014, que dispõe sobre o Regime de Promoção de Praças.

PM/ASSECOM/Repórter: SD GLAUCIA


APBMS repudia tentativa de intimidação ao advogado Síldilon Maia nas dependências do 6° BPM



A Associação dos Praças da Polícia e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS) vem tornar público o seu repúdio aos atos praticados pelo SD PM Frankly na manhã de hoje (20.02.2015), nas dependências do 6° Batalhão de Polícia Militar (Caicó – RN), quando o referido militar tentou intimidar o advogado Síldilon Maia durante a sua atuação profissional na defesa dos associados Cabo João Batista e Soldado Davi, em procedimento administrativo de sindicância.

O referido soldado havia sido flagrado por alguns colegas de farda, durante o horário de expediente, devidamente fardado e armado, nas dependências do 6º BPM, fazendo uso de computador da instituição militar para acessar a rede social Facebook, com finalidades meramente recreativas (observar fotos de colegas de infância e familiares), conforme confessado por ele próprio em procedimento administrativo. A situação foi fotografada e divulgada entre policiais através do aplicativo WhattsApp (confira foto nesta matéria).

O Comando do 6º BPM, ao invés de determinar a investigação da conduta do Soldado PM Frankly, determinou a abertura de sindicância contra o Cabo João Batista e o Soldado Davi como possíveis autores da fotografia e da sua divulgação. A audiência de inquirição dos sindicados ocorreu na manhã de hoje.

O advogado Síldilon Maia, que presta serviços para a APBMS, foi designado para defender os policiais investigados e, após indagar o motivo pelo qual o SD PM Frankly não estava sendo investigado pela sua conduta e discordar que o mesmo permanecesse em sala de audiência, passou a sofrer diversas tentativas de intimidações e ofensas às prerrogativas profissionais de advogado praticadas pelo referido soldado.

O SD PM Frankly chegou a insistir perante a autoridade sindicante para adentrar na sala de audiências vestindo colete balístico e portando pistola, mesmo após ter recebido ordem da autoridade sindicante para permanecer desarmado e fora do referido ambiente. Tal fato culminou, inclusive, com o encerramento antecipado da audiência.

A APBMS manifesta total apoio ao advogado Síldilon Maia, o qual vem defendendo os interesses da associação e dos seus associados com altivez e coragem ao longo dos últimos 05 (cinco) anos, ao mesmo tempo em que repudia a atitude desrespeitosa do SD PM Frankly, o qual afrontou não só as prerrogativas profissionais do advogado, como também a autoridade sindicante (Tenente PM Alexandre Lopes de Andrade Gomes) e o próprio sistema hierárquico militar.

A APBMS exige a regular apuração dos fatos e a devida punição ao SD PM Frankly.

Confira, abaixo, link de entrevista concedida pelo advogado Síldilon Maia ao radialista Sidney Silva (Rádio Caicó – AM) na qual narra o episódio:


Assessoria Jurídica da APBMS

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

APBMS convoca sócios para primeira assembléia geral do ano de 2015


Diretoria da APBMS cobra da SESED responsabilidade no pagamento das diárias do Carnaval aos Policiais Militares do RN


Na sexta feira de Carnaval, diante das várias ligações de cobrança por parte de policiais militares sócios, sobre o pagamento das diárias que não entraram, o presidente da APBMS, soldado Aderlan Medeiros, entrou em contato com o comandante da PM, porém o mesmo por meio de assessores informou que estava em reunião e quando estivesse disponível retornaria.

Sem retorno em tempo do Comando, o presidente se utilizou do Twitter da SESED para criticar e cobrar as diárias justamente desse efetivo que não se deslocaram para outras cidades, mas reforçaram nas próprias cidades.

Por conta dessa intervenção, a SESED lançou nota na íntegra:

"A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) detectou na tarde desta quinta-feira (19) falhas no enviou de informações feita pela Coordenadoria de Finanças da Policia Militar à Secretaria do Estado de Planejamento e Finanças (Seplan), que ocasionaram o atraso no pagamento de uma pequena parte das diárias operacionais referente a Operação Verão e ao trabalho extra realizado no mês de janeiro de 2015. Diante disso, a secretária Kalina Leite cobrou celeridade na solução do problema e garantiu o pagamento das diárias operacionais o mais rápido possível.

O comandante da Policia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Ângelo Dantas, confirmou que houve um erro ao apresentar as diárias operacionais à Secretaria de Segurança Pública referente ao mês de janeiro, por não incluir os valores referentes à Operação Verão, na ordem de R$ 243,8 mil. O problema foi identificado apenas na Policia Militar, pois os valores das diárias em relação aos demais órgãos da Sesed já haviam sido incluídos e pagos nas diárias operacionais do mês de janeiro.

Quanto ao pagamento das diárias operacionais para os policiais militares que durante o Carnaval 2015 permaneceram trabalhando em suas respectivas cidades, a PMRN comunica que as planilhas, contendo os dados dos policiais que compareceram ao serviço, estão sendo cadastradas no Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado (SIAF) para que seja, posteriormente, enviado a Secretaria de Estado de Planejamento e Finanças (Seplan) onde será efetivado a autorização das solicitações de repasses.

O coronel Ângelo Dantas explica que já havia acordado com o Comando de Policiamento do Interior (CPI) de que o repasse destes policiais seria feito após o carnaval, quando as planilhas fossem consolidadas. Ele disse que já recebeu a maioria das planilhas do interior do estado e garantiu que até o final da próxima semana o pagamento será efetuado. “Estamos fazendo uma força tarefa para efetuar este pagamento o quanto antes”, afirma o comandante da PMRN. Ao todo, a PMRN deve efetuar o pagamento de cerca de R$ 204 mil referente as diárias operacionais dos policiais do interior do estado.

A Polícia Militar comunica também que foram registrados dados incorretos relativos à conta bancária de alguns policiais e que isso inviabilizou que parte do dinheiro fosse creditado na conta referente às diárias operacionais do mês de janeiro. No entanto, a PM informa que esses casos pontuais já estão sendo sanados pela instituição. Dos R$ 395,4 mil liberados pelo Governo do Estado para o mês de janeiro, faltam ser pagos R$ 89,1 mil, o que corresponde a 22% do valor total.

O Comando da Policia Militar pede aos policiais que qualquer dúvida ou esclarecimento quanto ao pagamento de diárias operacionais sejam comunicadas imediatamente à Coordenadoria de Finanças do órgão, por meio do telefone 3232-6378, das 8 às 13h, de segunda à sexta-feira, a fim de que sejam corrigidas possíveis falhas que tenham ocorrido.

A Sesed esclarece que desde o dia 10 de fevereiro o Governo do Estado autorizou o repasse de mais de R$ 1,1 milhão para o pagamento das diárias operacionais dos agentes de segurança pública (policiais militares, policiais civis e bombeiros militares) que trabalharam no mês de janeiro, bem como para aqueles profissionais que tiveram que se deslocar para reforçar a Operação Carnaval Mais Seguro em outros municípios.

Em relação às diárias do mês de janeiro, foram repassados R$ 395,4 mil para a Polícia Militar, R$ 95,9 mil para a Polícia Civil e R$ 60,3 mil para o Corpo de Bombeiros Militar. Para o Carnaval, foi feito o pagamento de R$ 595,4 mil para a Polícia Militar, R$ 78 mil para o Corpo de Bombeiros e R$ 86,9 mil para a Polícia Civil".

Diante do exposto na nota, nos resta aguardar pelo cumprimento da mesma, inclusive a secretária de segurança Kalina Leite se comprometeu perante as associações na última reunião na capital do estado que será prioridade  de sua gestão lutar pelo reajuste do valor das diárias, quantia bastante defasada.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

ASSOCIAÇÕES MILITARES DO RN ESTIVERAM COM A SECRETÁRIA DE SEGURANÇA DISCUTINDO DEMANDAS IMPORTANTES NA ÁREA


Na tarde desta quinta (12), dirigentes das Associações Representativas dos Militares Estaduais, se reuniram com a secretária estadual de segurança pública e da defesa social, Kalina Leite. A motivação do encontro ocorrido na SESED foi apresentar à titular da pasta demandas do setor que precisam de atendimento imediato pelo Estado. Dentre as reivindicações, esteve a necessidade de percepção dos militares em relação aos níveis atualizados. A frequência desnecessária das escalas compulsórias e a urgência para a atualização de legislações próprias dos militares estaduais também ganharam destaque na discussão.

Na ocasião, em atenção à necessidade de atualização dos níveis dos militares, bem como no casos de praças e oficiais que são promovidos, e, mesmo assim, recebem em desacordo com o posto e graduação, a secretária solicitou a elaboração de um levantamento que demonstre o número exato de militares que estão passando por essa situação. Concluido esse levantamento, os policiais e bombeiros esperam que seja elaborado um plano de execução para atender a demanda. Os dirigentes esperam que esse trabalho seja finalizado ainda em fevereiro.

Sobre as escalas compulsórias dos militares estaduais, ação do Estado duramente repreendida pelos dirigentes das associações de praças, não houve consenso, já que a secretária afirmou se tratar de uma questão nacional em função da legislação a qual estamos submetidos. No entanto, a ação vai de encontro ao que estabelece a Lei Estadual que institui às Diárias Operacionais (LC n.º 7.754, de 18 de novembro de 1999), quando destaca o princípio da voluntariedade para o exercício dos serviços extraordinários, em eventos previamente programados, como é o caso do Carnaval.

“Ainda que as diárias sejam pagas adiantadas as escalas compulsórias não podem prevalecer. Continuaremos a lutar para colocar fim nessa prática desumana que atinge principalmente a base da corporação e compromete a vida social dos policiais militares. A categoria não pode pagar pela desorganização e pela falta de planejamento do Estado”, declarou Tony Fernandes, presidente da APRAM.

Próximas atividades 

Ainda na reunião desta quinta (12), ficou confirmada a realização de novo encontro entre a secretária, dirigentes de associações de praças, para o dia 02 de março. Na pauta, está confirmada a discussão sobre a criação de uma comissão para analisar e dar celeridade à atualização do Estatuto dos servidores, do Código de Ética e da Lei de Organização Básica da Polícia Militar do RN. As associações também cobraram a participação dos comandantes Gerais da PM e BM, e a secretária se comprometeu a chamá-los a participar. A reunião também contará com a presença dos membros da Comissão de Direito Militar da OAB, que irão dar apoio jurídico a todo o processo.

APBMS em Destaque: O presidente da associação dos praças do Seridó, soldado Aderlan, esteve presente, destacando os pleitos do interior do estado. 

Esse foi o segundo encontro das entidades, no primeiro o nosso representante não se fez presente por questões financeiras, decorrentes da apropriação indébita por parte do governo da contribuição que é feita pelos sócios, assunto que já está nas mãos da justiça, que inclusive já determinou o repasse por parte do poder público estadual a APBMS.