segunda-feira, 20 de outubro de 2014

ABPMS passa a funcionar em sua sede própria no Bairro Vila Altiva em Caicó


COMUNICADO AOS ASSOCIADOS DA APBMS: Caros associados, decidimos a mudança de horário do expediente da APBMS, que ficará nos seguintes horários: Das 07:00 hs às 11:00hs e das 13:00hs às 17:00hs. A

Ainda comunicamos, que a nossa associação estará aberta aos nossos associados a partir da proxima terça em sua nova sede, que fica na RUA MEMEU VALE, 1601, BAIRRO VILA ALTIVA-CAICÓ- RN. Desde já, agradecemos a compreensão de todos.

domingo, 19 de outubro de 2014

RESTANDO 08 DIAS PARA OS POLICIAIS MILITARES TRABALHAREM NO 2º TURNO DA ELEIÇÃO, GOVERNO DO ESTADO AINDA NÃO PAGOU AS DIÁRIAS DO 1º TURNO

 
 
Policiais Militares do interior do estado ainda não receberam as diárias referente ao 1º turno da eleição, o pagamento foi efetuado somente aos os policiais da região metropolitana com exceção os policiais do 11º Batalhão.

O não pagamento das diárias está deixando a categoria inconformada e indignada com o tratamento diferenciado com os policiais que trabalham no interior em relação aos que trabalham na região metropolitana.

Caso o governo não efetue o pagamento a possibilidade de haver um número alto de ausência de policiais realizando a proteção das urnas e a segurança do pleito durante o 2º turno da eleição. Espero que o governo cumpra o pagamento e a segurança da eleição seja mantida.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Associação dos Praças da PM e Bombeiros do Seridó emite nota de pesar pela morte de Sara Sâmela

 
 
O Presidente da Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS), Aderlan Medeiros, vem a público, em nome da diretoria e de todos associados da entidade, externar profundamente a morte da Filha do Policial Militar, Valmir, Lotado na 3ª CIPM de Currais Novos, Sara Sâmera,  que faleceu nesta madrugada, vitima de leucemia.

Sara lutou com todas suas forças contra doença, onde ficou internada no Hospital Varela Santiago em Natal, aguardando o transplante de medula óssea, mas infelizmente a pequenina contraiu uma pneumonia, no qual veio a ocasionar complicações médicas, o que culminou com seu óbito.

“Andar na fé é saber que cada dia é um recomeço. Andar na fé é usar a força e a coragem que habitam dentro de nós, quando tudo parece acabado. Andar na fé é olhar sem termos as portas desconhecidas com a mão estendida para dar e receber”.

À família enlutada e amigos, expressamos nossos mais profundos pesares, desejando que Deus em sua infinita bondade, possa confortar neste momento de tristeza. O corpo de Sophia esta sendo trasladado para o município de Currais Novops, onde ela será velada e sepultada.
 
A Diretoria da APBMS comunica ainda que suas atividades estão suspensas nesta segunda-feira, retomando as atividades normais amanhã (14 de Outubro)

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

POLICIAIS QUE TRABALHARAM DURANTE A COPA DO MUNDO NÃO RECEBERAM AS DIÁRIAS

 
 
A promessa de que ás diárias da copa do mundo iriam ser implantadas de imediato não aconteceu. Desta forma muitos policiais que se dedicaram os 30 dias da copa do mundo trabalhando em sua folga estão revoltados por terem sido enganados mais uma vez.

MUITOS POLICIAIS QUE TRABALHARAM NA ELEIÇÃO NÃO RECEBERAM AS DIÁRIAS

 
 
Vários policiais foram remanejados e trabalharam durante a realização do 1º turno das eleições, sendo que muitos ficaram sem receber as diárias que deveriam ser pagas antes ou durante a locomoção. Sendo assim, será que o policial fica motivado para trabalhar no 2º turno das eleições? Eu acredito que não!

terça-feira, 7 de outubro de 2014

ELEIÇÕES 2014: Divisão deixa categoria policial a 1,6 mil votos da representatividade na Assembleia Legislativa

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande ficou a 1,6 mil votos de ter uma representatividade na Assembleia Legislativa. O Major Fernandes que desde o início teve as chances reais de ser eleito pela categoria teve ao todo 25 mil votos, ficando na primeira suplência de sua coligação atrás do último por 1,6 mil votos.

Os demais representantes da Polícia Militar tiveram juntos 5,5 mil votos. O Cabo Jeoás foi o segundo representante da PM mais votado com 2.537 votos, seguido de Sargento Regina (1.200), Soldado Benigno (635), Capitão Araújo (504), Soldado Toscano (502) e Soldado Eduardo Canuto (151). Outros também que possivelmente levaram os votos da categoria foi Dra Kátia Nunes (2.697) e Aldair Rocha (1.705).

Essa segregação de votos, no entanto, cerceou os policiais militares de possuírem um representante na Assembleia Legislativa do Estado. Outro fator destacado pelos PM’s foi o deslocamento dos policiais para outras cidades, o que cerceia seus direitos de votar. Entretanto, apesar de não possuir a representatividade na Assembleia Legislativa, a Polícia Militar do RN conseguiu mostrar sua força, fato este demonstrado pela expressiva votação do Major Fernandes com 25 mil votos.

“Agradeço aos policiais militares, que se uniram em torno de nossa candidatura, que, assim como eu, tiveram a esperança de um representante na Assembleia”, disse o Major Fernandes em sua nota em seu facebook.

Deputado Federal

Para a Câmara Federal, os representantes da Polícia Militar tiveram somados 9.793 votos. O Cabo Heronides foi o candidato mais votado da Polícia Militar, com 4.534 votos, seguido do Sargento Sérgio Pastel (3.512) e Sargento Vantuil (1747).

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

ACSPM exige do Comando que os PMs tenham o direito de votar

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACSPM/RN, juntamente com a ASSPMBM/RN, se reuniram no início da tarde de hoje (30.09.14), com o Comandante Geral da Polícia Militar para solicitar que sejam criadas facilidades para que os policiais militares empregados na operação ELEIÇÕES possam exercer o direito de votar.

A visita ocorreu depois que inúmeros associados ligaram para as entidades reclamando que não podiam votar por estarem fora do seu domicílio eleitoral, e por isso, todos os anos apenas justificavam o voto.

A partir da iniciativa e fundamentação dos representantes das entidades, ficou acertado que o Comando Geral da Polícia Militar irá publicar uma nota em Boletim Geral da Corporação recomendando aos comandantes de áreas que criem facilidades para que os policiais militares possam exercer a cidadania através do voto.

Essa foi mais uma medida adotada pelas entidades representativas de praças em atendimento ao pleito de seus associados, o que fará com que esses militares possam exercer um direito (o voto) que por muito tempo lhe foi negado

Policiais e Bombeiros Militares do Estado decidem cancelar acampamento no Centro Administrativo

Deliberado por policiais e bombeiros militares do RN em Assembleia Geral realizada no último dia 22, no Clube Tiradentes, o acampamento em frente à Governadoria, que estava programado para o dia primeiro de outubro foi anulado. Isso porque o Governo do Estado cumpriu o prazo do pagamento da primeira parcela de 6% do subsídio, determinado pela Lei Complementar de nº 514/2014. Aprovada no dia seis de junho deste ano, a Lei Complementar prevê a reposição dos subsídios dos praças e oficiais em 32%, valor cujo pagamento será feito de forma escalonada até 2016.

“Por enquanto, o acampamento está suspenso. Vamos aguardar a conclusão do pagamento a todos os pms e bombeiros, inclusive, aos que estão na reserva e pensionistas, até o dia 10 de outubro. Por mais que tenhamos a clareza de que a Lei que determina a reposição dos subsídios foi uma conquista obtida por meio de muita luta, reconhecemos o esforço do Governo do Estado e do Comando Geral das corporações, no sentido de cumprir o prazo previsto em Lei, para o pagamento da primeira parcela aos servidores”, destacou o presidente da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM/RN), Eliabe Marques.

O titular da ASSPMBM/RN também ressalta que os militares estaduais irão acompanhar o cumprimento dos prazos estabelecidos no texto da Lei complementar, para o pagamento das próximas parcelas do subsídio pelo próximo chefe do Executivo estadual. “Não esperamos outra atitude do próximo governo a não ser cumprir com o que já está determinado em lei”, completa. De acordo com o documento, está previsto o pagamento da segunda parcela de 8% do subsídio, em março de 2015, da terceira de 9%, para setembro de 2015 e, finalmente da última de 9% para o mês de março de 2016

terça-feira, 30 de setembro de 2014

ACSPM/RN questiona Comando da PMRN acerca das diárias das Eleições

 
 
A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACSPM/RN, juntamente com a ASSPMBM/RN, se reuniram no início da tarde de hoje (30.09.14), com o Comandante Geral da Polícia Militar para esclarecer um boato que surgiu nas redes sociais de que os policiais militares que fossem empregados na operação Eleições/2014 não receberiam diárias, e sim uma compensação através de folgas.

O Comandante Geral negou veementemente o boato e informou que já fez a solicitação dos valores referentes às diárias, e que todos os policiais militares que fossem enviados para o interior do Estado receberiam o valor das diárias creditadas em sua conta ao chegarem na cidade de destino.

O coronel Araújo informou também que os recursos para o pagamento das diárias são oriundos do Governo do Estado, e que o Tribunal Regional Eleitoral – TER/RN se responsabilizou apenas pela locação dos ônibus que irão transportar os policiais militares.

As associações solicitaram também ao Comando que acompanhasse juntamente com as entidades as condições de trabalho e logística que será disponibilizada para os policiais militares nas cidades o interior do Estado.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

PM denuncia trabalho solitário em Itajá

 
 
Um policial militar denunciou más condições de trabalho em um vídeo compartilhado nas redes sociais e gravado na cidade de Itajá, no Vale do Açu, região Oeste do Rio Grande do Norte. Na gravação, o soldado Graco Medeiros apresenta um cantil de água como seu companheiro de trabalho, ironizando o fato de estar trabalhando sozinho no município, que possui quase sete mil habitantes.

Ao G1, o soldado preferiu não comentar o vídeo e se limitou a dizer que a gravação foi compartilhada em um grupo de amigos e acabou vazando. No entanto, o comandante do Destacamento da PM na cidade, cabo Jurandir Tavares, confirmou que em alguns dias da semana apenas um policial militar trabalha na cidade.

“Temos um efetivo de seis PMs. Os turnos são compostos por dois ou um policial dependendo do dia. Não agimos sem chamar reforço porque com essas condições de trabalho não dá”, explica o cabo Jurandir. A situação também foi confirmada pelo comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, major Francisco de Assis Ferreira dos Santos. De acordo com o comandante, a realidade dos demais municípios que respondem ao batalhão é parecida. “É tudo na faixa de seis a oito PMs. Tem alguns melhores, outros piores. Muito aquém do ideal”, afirma.

O major Santos acrescenta que em virtude do pouco efetivo para trabalhar em algumas cidades, a determinação do comando é que o policiamento seja reforçado quando o turno tem poucos policiais em Itajá. “A cidade fica a 15 quilômetros de Assu, onde fica o batalhão. Quando sentem necessidade, recebem reforços”, conclui.