quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Ações da APBMS são julgadas procedentes e 20 sócios inativos passam a receber subsídio


A Diretoria da Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó está comemorando mais uma grande vitoria em prol dos seus sócios e desta vez em especial aqueles que já estão na inatividade ou que são pensionistas da Policia Militar do Rio Grande do Norte.

Como já foi noticiado a APBMS convocou os seus sócios inativos e pensionistas para comparecer a sede da instituição munidos de documentos pessoais para que pudessem da entrada em ações judiciais visando a garantia do cumprimento da lei do subsídio que não está sendo cumprida na sua plenitude pelo governo do Rio Grande do Norte.

Cerca de 20 (vinte) sócios inativos e pensionistas foram até a APBMS e deram entrada nas ações judiciais visando receber os devidos subsídios e o resultado foi o melhor possível, todos os casos foram julgados procedente se os Policiais inativos e pensionistas já receberam o salário do mês atual em forma de subsídio como manda a lei.

O Cabo João Batista disse que esta foi uma das mais importantes conquistas da APBMS para os sócios inativos e pensionistas e volta a colocar a Associação a disposição de mais sócios na mesma situação que ainda não estão recebendo o salário em forma de subsídios. Os interessados devem procurar a sede da APBMS com a máxima de urgência possível com os seguintes documentos

Os sócios interessados devem se dirigir a APBMS levando os seguintes documentos:

1. PARA MILITARES INATIVOS

a) Cópia simples do RG, CPF e Comprovante de Residência
b) Cópia simples dos contracheques de JUNHO, JULHO, AGOSTO, SETEMBRO/2012 (e outubro, se tiver)

c) Cópia simples da Resolução Administrativa que comprova a transferência do militar para a reserva remunerada ou reforma (serve a cópia do BG que publicou a transferência para a inatividade)

Atenção: se o militar for interditado ou representado judicialmente, deverá ser juntada a procuração pública dessa representação, com poderes para ajuizamento e acompanhamento de ações judiciais.

2. PARA AS PENSIONISTAS

a) Cópia simples do RG, CPF, Comprovante de Residência
b) Cópia simples do contracheque de JUNHO A SETEMBRO/2012
c) Cópia simples da carteira de inscrição no IPERN ou outro documento que ateste ser pensionista
d) se tiver cópia de algum documento do militar falecido, juntá-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário