quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Três delegados são designados para apurar atos de violência em manifestação

Cúpula da Segurança Pública do Estado esteve reunida na manhã desta quarta

A Cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Norte anunciou na manhã desta quarta-feira (19) que formou uma comissão para apurar os responsáveis pelos ataques e atos de violência ocorridos durante o protesto denominado ‘Revolta do Busão’, na noite dessa terça-feira (19). De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, Aldair da Rocha, três delegados foram designados para a investigação.

O secretário informou, durante uma entrevista coletiva, que a comissão é formada pelos titulares das delegacias dos bairros Lagoa Nova, Alecrim e Quintas, Ulisses de Sousa, Natanion de Freitas e Raimundo Lucena, respectivamente.

Segundo Aldair da Rocha, duas viaturas da PRF e duas motos foram depredadas e dois policiais militares ficaram feridos durante a manifestação. Quatro adultos foram detidos, entre eles o professor de história Felipe Eduardo Oliveira Serrano, de 26 anos, que continua preso. Ele foi acusado de incêndio criminoso, após ser flagrado incendiando um ônibus nas imediações do Shopping MidWay Mall.


Protesto

Mais um protesto do movimento denominado “Revolta do Busão” ocorreu no final da tarde e início da noite desta terça-feira na BR-101, na altura do Natal Shopping, no sentido Natal-Parnamirim.

Cerca de 600 manifestantes ficaram concentrados na parada do circular da UFRN em Mirassol, próximo ao Via Direta, e atravessaram a BR-101 até a pista marginal do Natal Shopping. Os manifestantes pararam os ônibus. Ainda na noite dessa terça dois ônibus foram incendiados em locais diferentes da cidade.

Fonte: DN online

Nenhum comentário:

Postar um comentário